domingo, 17 de maio de 2015

A sede

Acorda-me com o beijo quando o amanhecer despertar em nós. Não há sitio mais perfeito que aquele que encontro nos teus braços. Desperta-me com um sorriso que dás com a alma e entrega-me à realidade que nos faz ficar. Sacia-me esta sede de mais um olhar sorrindo quando um beijo é dado com as mãos numa entrega intensa entre o corpo e a alma.

Hoje acordei sem o teu beijo quando o amanhecer despertou apenas lá fora. Não há sitio mais sombrio que aquele que encontro quando não estás. Despertei com o vazio e a saudade que dá cabo da alma e entrego-me à amargura da tua ausência. A sede que me mata por dentro e o olhar já se apagou em mim.






8 comentários:

  1. Adorei o texto! Identifiquei-me imenso com ele!
    Estou a seguir o blog :)

    ResponderEliminar
  2. Que texto lindo, escreves super bem! Parabéns

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Audrey deal! Significa muito para mim! Beijinhos!

      Eliminar
  3. R: Obrigada!! :)
    Também gostei muito do teu blog e do texto!
    Beijinho**
    Novo post no blog
    http://andreiiaad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Gostei bastante do texto ;)
    Muito bom!
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostaste Mariana! Fico contente!
      Beijinho

      Eliminar